Carta da presidente encarregada do OIDP, Sra Dominique Ollivier

A 17ª conferência do OIDP acontecerá em Montreal de 16 a 19 de junho de 2017. Esperamos receber mais de quinhentos participantes de todos os continentes que discutirão os diversos aspectos da democracia participativa.

Este ano o tema “Participação sem exclusão” nos convida a refletir sobre os inúmeros obstáculos no exercício da cidadania, assim como sobre os modelos de participação que favorecem a expressão de opiniões, a contribuição cidadã e que capacita um maior número de pessoas para influenciar nas tomadas de decisão.

Os desafios enfrentados pelas cidades, regiões e seus habitantes são complexos. Eles incluem o urbanismo, o viver juntos, a justiça, o meio ambiente, a saúde e várias outras categorias. As soluções para o futuro se encontrarão na inteligência coletiva e na cumplicidade crescente entre os cidadãos. Por esta razão é tão importante a questão de como dialogar dentro de uma comunidade.

Montreal está repleta de instituições e práticas que são notáveis do ponto de vista da democracia participativa. A “carta de Montreal sobre os direitos e responsabilidades” com seu direito de iniciativa capacita os cidadãos a solicitar uma consulta, sendo um modelo analisado ao redor do mundo com frequência. A Entidade de Consulta Púbica de Montreal (da sigla OCPM em francês, doravante ECPM em português), a qual presido é uma instância independente que realiza há 15 anos mandatos de consulta pública confiados pela Prefeitura de Montreal. Sua credibilidade se deve a sua neutralidade, sua independência com relação aos olhares do poder político e a transparência de seus trabalhos.  Deste modo, a ECPM contribui também a uma maior participação dos cidadãos e cidadãs de Montreal quanto às tomadas de decisões. Nossa comunidade de inovação tecnológica é também vibrante. Os laboratórios cidadãos e nossas Start Ups contribuem através de seus experimentos e soluções valorizando a contribuição de todos e redefinindo relatórios com suas administrações.

Convido vocês a virem em grande número constatar nosso modelo, a apresentar suas próprias iniciativas e a dialogar com os acadêmicos, profissionais e ativistas dos quatro cantos do mundo, visto que Montreal receberá por alguns dias o título de ponto de encontro mundial da democracia participativa!